terça-feira, 19 de maio de 2009

Índices Econômicos e seus Conceitos

ÍNDICES - Conceitos - O que é?

Índices Econômicos: CONCEITOS


ICV - Índice do Custo de Vida
Elaborado por: DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos

Mede a variação do custo de vida das famílias com renda de 1 a 30 salários mínimos do município de São Paulo.
O índice é calculado em três extratos distintos:
Estrato 1 -Famílias com memor renda, 1 a 3 salários mínimos (1/3) ;
Estrato 2 -Famílias com renda intermediária, 1 a 5 salários mínimos (1/3) ;
Estrato 3 -Famílias de maior poder aquisitivo, 1 a 30 salários mínimos (1/3) ;

O Índice Geral engloba todas as famílias.


IGP/DI - Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna
Elaborado por: FGV - Fundação Getúlio Vargas

É a média ponderada de seus três índices componentes (IPA-DI, IPC e INCC, com pesos de 60%, 30% e 10%, respectivamente). Trata-se de um indicador de ampla cobertura, que mede a evolução dos preços no atacado, varejo e construção civil. Difere do IGP-M especialmente pela periodicidade de coleta, que aqui coincide com o mês calendário.


IGP/M - Índice Geral de Preços de Mercado
Elaborado por: FGV - Fundação Getúlio Vargas

É um índice elaborado pela para a comunidade financeira. É resultante da média ponderada de três índices de preços: o Índice de Preços por Atacado - Disponibilidade Interna (IPA-DI-M), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M). Difere do IGP pelo período de coleta de preços. O período adotado para coleta de preços do IGP-M é aquele compreendido entre os dias 21 do mês anterior e o dia 20 do mês de referência. A apuração do índice é efetuada em três etapas: 1º decêndio, 2º decêndio e 3º decêndio. O 1o decêndio compara os preços dos primeiros 10 dias do período e os preços dos 30 dias do período anterior. O 2o decêndio compara os preços dos primeiros 20 dias do período e os 30 dias do período anterior. O 3o decêndio compara os preços dos 30 dias do período e os 30 dias do período anterior. Portanto, os dois primeiros decêndios são considerados resultados parciais, e o 3o é o resultado definitivo do índice do mês.


INCC - Índice Nacional de Custo da Construção
Elaborado por: FGV - Fundação Getúlio Vargas

Afere a evolução dos custos de construções habitacionais. É uma estatística contínua, de periodicidade mensal para os 18 municípios das seguintes capitais de estados do país: Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória.


INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor
Elaborado por: IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Mede a variação do custo de vida das famílias com rendimento assalariado mensal de 1 a 8 salários mínimos. É produzido a partir dos índices de preços ao consumidor das seguintes regiões metropolitanas: Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Belém, São Paulo e Recife, além de Brasília e o município de Goiânia.

O período de coleta refere-se ao mês calendário


IPC - Índice de Preços ao Consumidor
Elaborado por: FIPE - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas

Mede a variação do custo de vida das famílias com renda de 1 a 20 salários mínimos do município de São Paulo.

Para o cálculo das variações quadrissemanais, leva-se em consideração a amostra total do IPC mensal de aproximadamente 110.000 tomadas de preços, que é subdividida em quatro subamostras, cada uma delas pesquisadas em um período de no mínimo 07 e no máximo 08 dias, que constituem a SEMANA de coleta.

O sistema de cálculo sempre abrange um período total de 08 SEMANAS e as variações são obtidas fazendo-se a divisão dos preços médios das 4 SEMANAS de referência pelos preços médios das 4 SEMANAS anteriores (base). Desta forma, para se obter uma série sequencial de índices quadrissemanais, considera-se sempre 8 SEMANAS incluindo-se no cálculo as informações sobre os preços coletados na última SEMANA automaticamente, eliminando-se da operação os dados referentes à SEMANA mais antiga.

São apresentadas, portanto, 3 prévias durante o mês, sendo a 4ª quadrissemana o resultado definitivo do mês.


IPC - Brasil - Média Geral - Índice de Preços ao Consumidor
Elaborado por: FGV - Fundação Getúlio Vargas

Os Índices de Preços ao Consumidor, calculados pela FGV, detectam a variação dos preços de bens e serviços consumidos pelas famílias com renda entre 1 e 33 salários mínimos.


IPCA - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo
Elaborado por: IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

É utilizado pelo Banco Central do Brasil para o acompanhamento dos objetivos estabelecidos no sistema de metas de inflação, adotado a partir de julho de 1999, para o balizamento da política monetária.

O IPCA é produzido pelo IBGE desde 1980. Mede as variações de preços ao consumidor ocorridas nas regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, além de Brasília e Goiânia.

Reflete a variação dos preços das cestas de consumo das famílias com recebimento mensal de 1 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte.


http://www.apape.org.br/indice0.htm

Fontes: DIEESE - FIPE - FGV - IBGE - SAD - ACI - ADEMI - Portal Brasil - Portal das Finanças

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário